Depois da ideia vem a necessidade de captação de recursos e é nesse momento que muitos
empreendedores iniciantes tropeçam. Mas qual é o investimento ideal para cada startup?

Tudo depende da fase de maturação em que a empresa está. Veja abaixo os tipos de investimento e
identifique qual é o perfeito para sua empresa.

Bootstrapping:

Essa modalidade de financiamento mostra o comprometimento do empreendedor em relação à
sua ideia. Tem como vantagem a liberdade no desenvolvimento do negócio sem pressão externa.
Nessa modalidade você gera caixa com a própria empresa para crescer organicamente, sem capital
externo.

Financiamentos e fomentos públicos:

Esse tipo de financiamento é desenvolvido em várias fases de negócios, desde estágios iniciais,
como o programa Start-UP Brasil, até linhas de financiamento para negócios mais maduros. Há
modalidades reembolsáveis (os valores recebidos viram um dívida, que dever ser paga no futuro,
geralmente com taxas e prazos diferenciados) e não reembolsáveis, quando não há contrapartidas
financeiras por parte da empresa.

Crowdfunding:

O crowdfunding busca o financiamento do projeto através de uma comunidade de fãs, feita por
financiamento coletivo, geralmente via plataformas online. Cada investidor aporta uma pequena
quantidade de recursos e a startup saca o dinheiro quando atinge uma meta de captação. Podem
ser oferecidas recompensas não financeiras ou participação em ações da startup. Funciona
principalmente em fase inicial, quando os projetos tem a capacidade de engajar mais pessoas.

Os três F’s: [Família, Friends (Amigos) e Fools (Coringas)]

Adequado para a fase inicial das startups é um bom mecanismo para o empreendedor poder se
dedicar integralmente à sua empresa. Nela, o empreendedor capta recursos com sua família, amigos
e “coringas”, entusiastas da ideia.

Investidor anjo

A anjo é uma pessoa física que aposta em projetos em estágio inicial. Geralmente aporta não só
recursos financeiros, mas conhecimento em gestão e relacionamento. É indicado para a empresa
que já tem um protótipo desenvolvido e precisa dar o próximo passo para validar o modelo de
negócio e começar a ganhar tração.

Fundos de capital de risco

Para startups que normalmente já receberam outros tipos de aporte financeiro, tem seu modelo de
negócio validado e estão em expansão. Tem como vantagem o valor aportado e como desvantagem
a presença de um sócio com participação na direção do negócio.After the initial idea, you need to gather financial resources and this is the moment when many new entrepreneurs find difficulties. But what is the ideal investment for each startup?

Everything depends on the company’s maturation phase. Check the types of investments below and indentify which ones are perfect for your company.

Bootstrapping:

This funding modality shows the entrepreneur’s commitment to his idea. The advantage is the freedom in developing the business without external pressure. In this modality, you can generate cash flow with your own company in order to organically grow without external capital.

Funding and Public Support

This type of funding is developed in several business phases, from initial stages like the Start-UP Brasil program, to funding lines directed to more mature business. There are refundable modalities (the received values convert into a debt which may be paid in the future, generally with different taxes and deadlines) and non-refundable, when there are no financial counterparts from the company.

Crowdfunding:

The crowdfunding seeks funding through a community of fans, created by collective funding usually through online platforms. Each investor put up a small quantity of resources and the startup withdraws the money when the goal is achieved. Non-monetary rewards or participation in startup’s actions can be offered. It functions mainly in the initital phase, when the projects can engage more people.

The Three F’s: [Family, Friends and Fools ]

Suited for the startup’s initial phase, it is a good mechanism that allows the entrepreneur to dedicate himself fulltime to the company. The entrepreneur gathers resources from his family, friends and enthusiasts of the idea.

Angel investor

An angel is an individual that bets in projects that are in initial phase. Generally they put not only financial resources but also management and relationship knowhow. It is indicated to companies that already have a fully developed prototype and thus need to take the next step in order to validate their business model and start to gain traction.

Venture capital funds

For startups which have normally already received other types of financial contribution, have their business model already validated and are at expansion. This model has the advantage of the contributed value, and the disadvantage of the presence of a business partner with direct participation in the business.