Fomentar startups, para que se desenvolvam e cresçam, é um trabalho diário intenso, muito desafiador, porém bastante gratificante para os envolvidos. Para o Programa Start-Up Brasil selecionar as melhores empresas do país entre centenas de grandes ideias, trazer oportunidades para elas como novos parceiros de negócios, acesso ao mercado, e monitorar seu desenvolvimento, são fatores essenciais oferecidos aos participantes.

“2014 foi um ano incrível para nosso programa. Durante o ano, o Start-Up Brasil consolidou aprendizados das primeiras rodada de seleção, ampliou a base de aceleradoras, fortaleceu a base de parceiros, chegou a quase 200 startups apoiadas e realizou seus primeiros Demo Days, nacionais e internacionais. Nesse segundo ano de programa, pudemos começar a observar os resultados de aceleração das primeiras startups aceleradas e os números são bastante positivos, mostrando 122% de crescimento e a atração pelas startups de mais novos investimentos privados em volume superior ao investimento público”, comenta Felipe Matos, gestor operacional do Start-Up Brasil.

O ano terminou com praticamente quatro turmas rodando, já que no final do ano anunciamos a Turma 4, que participou do edital e está em processo de negociação com as aceleradoras. Isso significa: quase 200 startups, 15 aceleradoras e inúmeros parceiros importantes. Durante o ano, tivemos a entrada da Softex como gestora operacional do programa, a parceria da Apex-Brasil no primeiro Demo Day internacional e na seleção internacional de startups, do CNPq na execução do fomento, da IBM como patrocinadora e de inúmeros parceiros importantes que nos ajudaram na continuação do programa criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Novas startups, diversos eventos

Logo no começo do ano foi realizado o Welcome Aboard da Turma 2, evento de recepção das novas startups, que tem como objetivo apresentar o programa, processos, parceiros e aceleradoras; já no segundo semestre promovemos por todo o Brasil o evento Start-Up Brasil para Empreendedores, em que contávamos como participar do programa. Além disso, participamos de eventos como Startup Weekend, Startup Grind, Startup Nations, Case, Circuito Startup, entre muito outros importante para o ecossistema.

Em novembro de 2014, o Start-Up Brasil completou dois anos de existência, que coincidiu com o primeiro Demo Day Nacional do Programa, realizado no dia 6 de novembro, marcando a graduação da Turma 1. Na ocasião, foram mostrados os números positivos que consolidaram o Start-Up Brasil como um programa de aceleração nacional de startups de sucesso e uma porta para novas empresas apresentarem suas inovações para o mercado brasileiro e internacional.

Para ilustrar, as 45 startups apoiadas da Turma 1 captaram externamente mais dinheiro que o valor investido pelo programa: R$ 7,7 milhões foram investidos pelo Start-Up Brasil, R$ 1,65 milhões vieram das aceleradoras qualificadas e R$ 9,63 milhões foram captados externamente durante o processo de aceleração. Veja os números e mais informações da turma 1 aqui.

Mais aceleração em 2015

E nesse ritmo acelerado, já começamos 2015! “Neste ano, estamos preparando o processo de qualificação de aceleradoras para o próximo ciclo [inscrições abertas até dia 31/01: clique aqui] e pretendemos realizar os eventos de recepção das Turmas 3 e 4, selecionadas ano passado, além de também realizar os Demo Days da Turma 2”.

Na próxima semana, dia 3 de fevereiro, receberemos a Turma 3 no Welcome Aboard que será realizado em São Paulo. O evento é fechado, pois é um momento de recepção das novas startups e mentorias, mas informações serão divulgadas no nosso blog. Em 2015, acontecerá, ainda, o Welcome Aboard da Turma 4, depois de termos a lista oficial de quais empresas fecharam contrato com as aceleradoras e passaram a ser efetivamente apoiadas pelo programa. Do meio do ano para o final, teremos o Demo Day Nacional da Turma 2 e Demo Day internacional. Tudo isso sem contar com os eventos que estão vindo aí: Campus Party, Feira do Empreendedor, Case, Startup Weekends, Startup Nations e muito mais! Acompanhe.

Fique ligado, estamos preparando um post sobre como as aceleradoras estão vendo 2015. Logo contamos!