Loading...
Saiba tudo sobre o Start-Up Brasil 2017-08-16T16:09:47+00:00

SOBRE

O Start-Up Brasil, Programa Nacional de Aceleração de Startups, é uma iniciativa do governo federal, criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com aceleradoras, para apoiar as empresas nascentes de base tecnológica, as startups.

As startups cumprem com a função de continuamente revitalizar o mercado, mas precisam de um ambiente propício para que se desenvolvam e tenham sucesso. A figura da aceleradora surge nesse contexto como um agente fortemente orientado ao mercado, geralmente de origem privada e com capacidade de investimento financeiro, que tem a função de direcionar e potencializar o desenvolvimento das startups.

COMO FUNCIONA

O programa funciona por edições com duração de um ano. Em cada edição são lançadas até duas chamadas públicas, uma para qualificar e habilitar aceleradoras e outra para a seleção de startups, com rodadas semestrais.

HABILITAÇÃO DE ACELERADORAS

Nesta fase são qualificadas, por meio de edital específico, as aceleradoras de empresas que serão parceiras do programa e responsáveis pelo processo de aceleração das startups.

A aceleração de startups é um processo rápido que busca o desenvolvimento de um produto/serviço direcionado ao mercado, com o suporte de mentores, investidores e profissionais de negócios e tecnologia.

Na primeira chamada de 2017, ano 3 do programa, não haverá edital de aceleradoras. As aceleradoras habilitadas nesta fase serão as mesmas habilitadas na fase anterior do programa e um novo edital já está programado para a próxima chamada.

Informações sobre as aceleradoras habilitadas pelo programa

SELEÇÃO DE STARTUPS

Após a habilitação das aceleradoras, ocorre a seleção das startups nacionais e internacionais (internacionais – até 25% dos projetos aprovados) que serão apoiadas pelo programa. Esta fase ocorre até duas vezes por ano, uma a cada semestre.

Na primeira chamada de 2017, ano 3 do programa, ocorrerá somente a seleção de startups nacionais.

Obter mais informações sobre o edital e processo de inscrição

ACELERAÇÃO

Nesta fase, inicia-se o processo de aceleração. Num período de até 12 meses, as startups têm acesso a até R$ 200 mil em bolsas de pesquisa e desenvolvimento para os seus profissionais, além de participar de uma série de eventos e atividades promovidas pelo programa para capacitação e aproximação de clientes e investidores e dos Hubs Internacionais.

Adicionalmente, as startups recebem investimentos financeiros das aceleradoras e têm acesso a serviços como infraestrutura, mentorias e capacitações em troca de um percentual de participação acionária. Além das aceleradoras, as empresas também são acompanhadas pelos gestores do programa.